Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Os Arquitectos são Poetas também

07 Dezembro 2014 - 03 Maio 2015
Cottinelli Telmo com uma máquina de filmar de tripé

Detalhes

Exposição | Atividades

Partilhar nas redes sociais

Sobre o evento

Cottinelli Telmo, 1897-1948

 

Com esta expressão, Cottinelli Telmo – autor do Padrão dos Descobrimentos – reclamava para os arquitectos o direito e a liberdade de afirmarem a sua subjetividade, de fintarem a racionalidade, de contornarem imposições materialistas. E resumia o modo como entendia a arquitectura: em comunhão com todas as artes, com todas as disciplinas.

Criador excecional, homem de talentos múltiplos, Cottinelli reunia em si uma combinação invulgar de intuição e inteligência, de cultura e sensibilidade. Desenhador virtuoso, senhor de um humor transbordante, o seu entusiasmo era contagiante. Vivia em inquietação permanente, sempre em busca de novas experiências, animado por uma curiosidade sem fim. A sua personalidade, complexa e rica de cambiantes, não cabe numa fórmula linear. Tal como a carreira que construiu, plena de sucessos, mas também de dúvidas e hesitações.

Com o apoio dos arquivos e coleções de diversas instituições públicas, esta exposição reúne peças pouco divulgadas e materiais inéditos, para construir um retrato de Cottinelli Telmo envolvido no seu processo criativo, dando corpo às suas ideias, materializando a energia da sua imaginação imparável.

Comissário Cientifico – João Paulo do Rosário Martins

A folha de sala da exposição está disponível aqui.